obesidade | Centro Veterinário do Anil

Seu gato está gordo?

A obesidade em gatos, em números, chega a atingir 25% até 30% da população felina, aproximadamente. Com uma vida menos ativa do que a da maioria dos cães, a obesidade nos gatos acaba acontecendo sem que os donos realmente notem, mas a verdade é que, com o pensamento de que gatos e cachorros tem que comer as mesmas calorias que gastam no dia-a-dia e nada mais, os gatos comem muito mais do que fazem alguma atividade que queime as calorias ingeridas.

Para descobrir a obesidade em gatos apalpar as costelas e facilmente encontrá-las é um bom e simples modo de saber se o gato está acima do peso ideal. Tem que sentir e localizar as costelas e coluna sem maiores problemas, só com uma camada de massa por cima. O peso dos bichanos varia, em média, entre 3 e 5 quilos. Gatos com a estrutura óssea maior, podem pesar além dos cinco quilos.

Já que os gatos podem ser mais caseiros do que a maioria dos cães, gostam de dormir ou só ficarem quietos, uma boa dica para obrigá-los a fazer um pouco de atividade física é colocando os petiscos ou comida em lugares de difícil acesso, em como em cima de armários. Assim, o gato, obrigatoriamente, terá que fazer um pouco de atividade para conseguir comer.

Os donos de gatos obesos também podem espalhar brinquedos interativos pela casa, como arranhadores, tudo o possível para entretê-los e, ao mesmo tempo, criar uma atividade física. O dono também pode chamar o gato para ir com ele quando for mudar de cômodo na casa, um facho de luz de uma lanterna também pode entreter bastante o gatinho que, provavelmente, vai ficar caçando-o nas paredes da casa.

obesidade nos gatos pode trazer vários outros problemas, como dificuldade em se locomover, expectativa de vida diminui, doenças osteoarticulares, insuficiência cardíaca, piora nas condições respiratórias, doenças no fígado, etc.

Mas antes de qualquer mudança, principalmente no que se refere à dieta, a melhor opção é consultar um profissional da área, para confirmar se o gato está mesmo obeso e se não tem nenhum problema fazer as mudanças na alimentação e rotina. O principal cuidado e preocupação deve ser a saúde do bichano.

Muitas vezes, ainda, a obesidade em gatos não está somente ligada a sedentarismo ou alimentação incorreta, a obesidade pode ser indicação e uma doença endócrina e deve ser levada a sério, sempre que perceber seu gato obeso, principalmente se ocorrer em um período curto de tempo, leve-o ao veterinário para fazer exames de sangue.

× Fale Conosco